Desde 1995 em prol do Ecoturismo e das Atividades ao Ar Livre no Brasil

Desenvolvido por PHOTOVERDE + Kaique Lupo

Viagens Ecológicas e Culturais é a primeira coleção com padrão internacional sobre pólos ecoturísticos brasileiros. Fruto de 25 meses de acurada pesquisa e árduo trabalho de campo, o volume Ilhabela representa o mais completo e preciso inventariado da oferta turística e das potencialidades deste arquipélago. 

© 2009 - 2019.  Viagens Ecológicas e Culturais - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo deste site.

Declarada Patrimônio Histórico em 2001 e tombada pelo CONDEPHAAT, foi erigida na Vila entre 1805 e 1806.

Em 1827 foi pintada por Jean-Baptiste Debret junto à Igreja Matriz, uma dúzia de casas, um mercado de escravos e um pelourinho.

Foi câmara e cadeia até o advento da República e entre 1913 e 1914 o imóvel foi reformado para servir de cadeia no piso térreo e fórum no superior.

Projetado por G. B. Maroni, o novo prédio foi redesenhado em estilo militar, com torre e escadarias conforme a arquitetura eclética da época – mesclando art decô, neo-clássico, barroco e traços coloniais.

Na década de 1930 voltou a funcionar como câmara e hoje abriga a sede do Parque Estadual de Ilhabela.

A Antiga Cadeia e Fórum está a 6,3 km da balsa, ao norte.

| antiga cadeia e fórum