Desde 1995 em prol do Ecoturismo e das Atividades ao Ar Livre no Brasil

Desenvolvido por PHOTOVERDE + Kaique Lupo

Viagens Ecológicas e Culturais é a primeira coleção com padrão internacional sobre pólos ecoturísticos brasileiros. Fruto de 25 meses de acurada pesquisa e árduo trabalho de campo, o volume Ilhabela representa o mais completo e preciso inventariado da oferta turística e das potencialidades deste arquipélago. 

© 2009 - 2019.  Viagens Ecológicas e Culturais - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo deste site.

Popularmente chamada de praia da Pedra do Sino, a tradução mais aceita para o seu nome tupi é “pedra que canta”.

Possui 274 metros de charmosa faixa de areia, ladeada por coqueiros e águas claras e calmas.

De fácil acesso, é boa para Mergulho Livre, Stand Up Paddle e remo.

Papagaios geralmente fazem festa ao sul da praia e ao norte, ao lado de um restaurante, uma passarela leva às famosas Pedras do Sino, blocos de vários tons e formas que ao serem batidos emitem o som de sinos.

Diz a lenda que no século XVII um ataque pirata foi impedido graças ao alerta emitido por índios, que acordaram os ilhéus ao som destas pedras.

Para a perenidade deste atrativo, recomenda-se bater nas pedras apenas nas marcas pré-existentes e somente com martelos de borracha ou tocos de madeira.

A praia está a 10,5 km da balsa, ao norte.

| praia da garapocaia