Desde 1995 em prol do Ecoturismo e das Atividades ao Ar Livre no Brasil

Desenvolvido por PHOTOVERDE + Kaique Lupo

Viagens Ecológicas e Culturais é a primeira coleção com padrão internacional sobre pólos ecoturísticos brasileiros. Fruto de 25 meses de acurada pesquisa e árduo trabalho de campo, o volume Ilhabela representa o mais completo e preciso inventariado da oferta turística e das potencialidades deste arquipélago. 

© 2009 - 2019.  Viagens Ecológicas e Culturais - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo deste site.

O rico passado da Ilha de São Sebastião* vivo em dezenas de construções seculares preservadas.

O charme da arquitetura colonial da Ilha concentra-se na Vila, com destaque para o prédio da Secretaria da Cultura, do séc. XIX; para a antiga Cadeia e Fórum, com quase 200 anos; e para a bela Igreja Matriz, com origem no final do século XVII.

Com mais de 200 anos e aberta ao público como um resort, a Fazenda Siriúba abriga prédio de engenho e uma capela com retábulo do século XVIII preservados.

Mas a maioria dos imóveis antigos infelizmente é fechada para visitação, como a enorme sede da bela Fazenda Engenho D’água, provavelmente construída entre o final do séc. XVIII e início do XIX.

Uma das mais preservadas construções de Ilhabela, em diferentes períodos no passado a fazenda foi grande produtora de açúcar, café e cachaça.

Com sua sede tombada pelo CONDEPHAAT - Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico e pelo IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, a fazenda guarda características originais: alvenaria de pedras e “pau a pique”, senzala e seteiras - aberturas estratégicas para se atirar em invasores.

Outro importante engenho do passado tombado é a Fazenda São Mathias, na praia da Feiticeira, tão gracioso quanto o Pouso dos Corrêas (antigo Hotel Bela Vista), com sua singela capela e amplo jardim de grande beleza. De 1860, o Pouso possui linhas coloniais nobres, com estrutura de madeira e azulejos portugueses.

A bela Fazenda Ponta das Canas, antigo engenho de cana-de-açúcar, abriga um importante patrimônio nacional que infelizmente não faz parte dos atrativos turísticos de Ilhabela, o Farolete e as ruínas do Forte da Ponta das Canas. Apesar de ser um patrimônio histórico de grande valor cultural para o município, o acesso a visitantes não é permitido pelo proprietário da fazenda.

Outras construções históricas que se destacam: casarões nas praias Grande, Indaiaúba e da Fome e Fazenda Barreiro, atual Associação Barreiros.

 

* Popularmente chamada de Ilhabela, a Ilha de São Sebastião é a maior ilha do Arquipélago de Ilhabela.

| casario histórico

Mostrar Mais
igreja matriz
antiga cadeia e fórum
Mostrar Mais

Principal cartão postal da Vila, Igreja Matriz Nossa Senhora D'Ajuda e Bom Sucesso.

Patrimônio Histórico do século XIX, conheça a sede do Parque Estadual de Ilhabela.

publicidade