Desde 1995 em prol do Ecoturismo e das Atividades ao Ar Livre no Brasil

Desenvolvido por PHOTOVERDE + Kaique Lupo

Viagens Ecológicas e Culturais é a primeira coleção com padrão internacional sobre pólos ecoturísticos brasileiros. Fruto de 25 meses de acurada pesquisa e árduo trabalho de campo, o volume Ilhabela representa o mais completo e preciso inventariado da oferta turística e das potencialidades deste arquipélago. 

© 2009 - 2019.  Viagens Ecológicas e Culturais - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo deste site.

A magia de Ilhabela encanta quem visita suas águas, praias, matas e montanhas.

Há milhares de anos, povos antigos viviam na região de forma simples coletando o que a natureza lhes oferecia - frutas, animais silvestres, peixes, frutos do mar e matéria prima abundante.

Sua rica e fascinante história foi escrita por vários personagens: índios aguerridos, colonizadores europeus, piratas e corsários sanguinários, traficantes de escravos, africanos que deixaram seus corações do outro lado do Atlântico, célebres viajantes, missionários, exploradores, imigrantes de vários países e, em tempos mais calmos e prósperos, novos habitantes apaixonados, artistas, atletas e turistas.

 

* Com métodos pioneiros, modernas tecnologias e junto a profissionais de várias áreas, por 24 meses os autores do portal Viagens Ecológicas e Culturais realizaram exaustiva pesquisa e remedições (áreas, distâncias, tempos, etc.) que reescreveram vários dados turísticos e históricos e corrigiram centenas de informações sobre Ilhabela (saiba mais).

 

ABAIXO, UM POUCO DA HISTÓRIA DE ILHABELA:

| a verdadeira história

nativos e invasores
a colonização de Ilhabela
piratas e corsários
as desventuras de Knivet
300 anos de escravidão
a chegada do turismo
Mostrar Mais

Opulência e crises: dos escravos, do açúcar e das baleias ao café, à pesca e ao aguardente.

Os primeiros habitantes do Arquipélago e a chegada dos colonizadores europeus.

Quem foram os verdadeiros piratas que navegaram pelas águas de Ilhabela?

O incrível relato do desafortunado pirata que foi abandonado no Arquipélago.

Dos portos clandestinos de Ilhabela ao abominável trabalho escravo nas lavouras.

Após picos de prosperidade e duras crises, enfim Ilhabela encontra a sua melhor vocação.